CONTRAMÃO DO SISTEMA: Lei Antiterrorismo - O Jogo Sujo do Poder

Pesquisa de Temas

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Lei Antiterrorismo - O Jogo Sujo do Poder



Tramita no congresso nacional uma proposta de lei antiterrorismo, que na verdade só tem uma intenção, que é a de tornar crime qualquer manifestação pública que contrarie os interesses do governo.

O Brasil é um dos poucos países no mundo que tem lei para tudo, será mesmo que há necessidade de criarem uma lei antiterrorismo voltada contra os protestos, que é um direito do cidadão?

Esta proposta só surgiu agora, porque as empresas poderosas por trás dos preparativos da copa têm medo de serem prejudicadas, principalmente se houver manifestações durante o mundial da FIFA no país, sem contar que o Brasil passaria a maior vergonha do mundo.

Segundo os criadores desta proposta de lei, a necessidade se justificativa no fato de que os vândalos dos protestos, são presos mas não permanecem, pois não existe uma lei para enquadrá-los. Será mesmo ?
O que os poderosos e o governo querem é uma lei mais dura para afastar das ruas qualquer tipo de manifestação por conta da COPA.

Vândalo tem mesmo de ser tratado como vândalo, e manifestante tem de ser tratado como manifestante e não como criminoso, como terrorista.

Os parlamentares que defendem a proposta de lei, dizem que a mesma não ira inibir o direito de manifestações, e usam fatos como a morte do cinegrafista  Santiago para enfatizar a necessidade da criação da lei, tentando fazer o povo pensar que o beneficio é da população, quando na verdade querem mesmo é criminalizar um direito legítimo do cidadão.

O governo não consegue desarmar o ladrão, e quer desarmar o cidadão, com uma lei antiterrorismo tirando do povo o direito de manifestações.

É importante dizer que danos ao patrimônio público, está previsto em lei! E o responsável pode ter que reembolsar e pagar por aqueles danos, ou seja, isso não configura terrorismo.

A definição da Wikipedia para terrorismo é: Terrorismo é o uso de violência, física ou psicológica, através de ataques localizados a elementos ou instalações de um governo ou da população governada, de modo a incutir medo, terror, e assim obter efeitos psicológicos que ultrapassem largamente o círculo das vítimas, incluindo, antes, o resto da população do território. É utilizado por uma grande gama de instituições como forma de alcançar seus objetivos, como organizações políticas de esquerda e direita, grupos separatistas e até por governos no poder.
Terrorismo é aquele que coloca a vida em risco. O projeto de lei fala de terrorismo contra coisas, entre elas, centrais elétricas e estádios esportivos. Será isso mera Coincidência tendo em vista os apagões recentes e os jogos internacionais sediados no Brasil?

O governo está com medo ! E está jogando sujo como na ditadura, para tentar travar a população a fim de conquistar seus interesses, há grupos econômicos pressionando o governo, há interesses políticos escondidos que os poderosos fazem de tudo para proteger.

Com o carnaval fervilhando a atenção do povo pode ser desfocada, e então, a politicada vai aproveitar para aprovar leis sujas como a criminalização das manifestações, já começou com a ideia de que quem usa máscara é vândalo, é criminoso. E durante o carnaval, a polícia vai prender todos os foliões mascarados?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba aviso de postagens por e-Mail

Assuntos